DIMINUIÇÃO DE IMPACTOS ECONÔMICOS NO CONTEXTO DA COVID-19
Como reduzir impactos e gerar oportunidades para empresas e empreendedores no contexto da covid-19?

INSCRIÇÕES ENCERRADAS!

QUEM PODE PARTICIPAR?

Empresas, negócios de impacto, entidades privadas sem fins lucrativos, Instituições de Pesquisa Científica e Tecnológica (ICTs) públicas e privadas, cidadãos brasileiros e estrangeiros em situação regular no país, a partir de 18 anos de idade, individualmente ou em grupo.

DESCRIÇÃO DO PROBLEMA

Para o combate à pandemia causada pelo novo Coronavírus será necessário um conjunto de ações de contenção de danos na economia. A crise afetou de forma diferente diversos setores, criando oportunidades para alguns e muitos desafios para a maioria. A retração da atividade econômica gera efeitos de elevada gravidade social, como desemprego, problemas de abastecimento e pressões inflacionárias sobre produtos essenciais na crise. 

Em especial, setores cujas estruturas produtivas se assentavam na oferta presencial de produtos precisam de apoio para poder sobreviver face a medidas crescentes de isolamento social. 

Será necessária a identificação de oportunidades de adequação, novos modelos de negócio e redirecionamento da estrutura produtiva e logística já existente para o atendimento das novas demandas públicas e privadas do contexto atual.

BRIEFING

>> Por que isso é um problema?
  • A reconfiguração do capital organizacional e do mercado de trabalho impactados durante a atual crise desafiam medidas econômicas tradicionais. Para além de propostas de estímulo fiscal, a deterioração das relações contratuais e de trabalho precisam ter uma recuperação agilizada.
  • 99% das empresas no Brasil são micro e pequeno porte (MPE). Nelas estão 52% dos empregos formais no setor privado (16,1 milhões). Com a redução da atividade econômica, coloca-se em risco a sobrevivência das empresas, a manutenção dos empregos e os meios de subsistência dos indivíduos.
  • A quebra das cadeias produtivas gera desabastecimento de artigos de primeira necessidade (ex: alimentos e artigos de higiene).
  • Fomentar o desenvolvimento de novas tecnologias e ampliação da oferta podem garantir o atendimento da demanda doméstica e a geração de novas oportunidades de uso da capacidade produtiva já instalada, garantindo empregos e renda.

>> Como reduzir impactos e gerar oportunidades para empresas e empreendedores no contexto da Covid-19?

A partir desse grande desafio, surgem diferentes oportunidades de inovação, como nos exemplos a seguir:

#ações de mitigação: Como criar ações de controle e mitigação efetivas, como medidas de distanciamento social, que minimizem os impactos econômicos nos setores mais vulneráveis?

#novas economias: Como podemos apoiar a migração da oferta presencial para online de bens e serviços públicos e privados de forma a criar novas oportunidades para micro e pequenas empresas?

#logística: Como evitar o desabastecimento de bens de primeira necessidade com a criação ou reorganização de sistemas ou redes de logísticas reais e virtuais, tendo em vista a estrutura produtiva e de transporte do país?

#flexibilização dos marcos regulatórios: Como flexibilizar marcos regulatórios para que fique mais fácil a transição produtiva de um bem ou serviço a outro, de uma forma de comercialização e entrega a outra?

Essas oportunidades de inovação são apenas exemplificativas. Quaisquer iniciativas, ideias e soluções voltadas para reduzir impactos econômicos e gerar oportunidades para empresas e empreendedores no contexto da Covid-19 são muito bem vindas!

RECURSOS ADICIONAIS

Coronavírus: Oito gráficos que mostram o impacto da COVID-19 sobre a economia mundial
Fonte: BBC Brasil 

Fabricante de cerveja vai começar a produzir álcool em gel
Fonte: Superinteressante 

Statement on COVID-19 economic policy response
Fonte: Conselho da União Europeia 

Por coronavírus, iFood, Loggi, Uber Eats e Rappi fecham parceria com SP
Fonte: Veja 

Como empreendedores estão buscando soluções para enfrentar o coronavírus
Fonte: Tilt/Uol